Todos os direitos reservados © 2018 - www.fabricioefabian.com.br

CONTATO: (21) 2208-1899

Release Fabrício e Fabian

     Os irmãos Fabrício e Fabian, nascidos no Rio de Janeiro/RJ, tiveram fortes raízes sertanejas por conta de seus pais interioranos,  especialmente o pai, também músico, emigrante nordestino que, em sua cidade, (Gameleira, no interior da Paraíba),  participava de vaquejadas. Cresceram, entre mais quatro irmãos,ouvindo, pelo rádio, música sertaneja e interiorana, preferida pelo pai, e brincando de cantar em casa, além de fazerem pequenas apresentações na igreja frequentada pela família. Por um período da infância, a família morou no interior, o que lhes colocou em contato direto com a cultura interiorana. O gosto pela música popular sertaneja é de berço, mas, após morarem uma longa temporada em Goiás,  tornou-se ainda maior.
 

     Em 1992, devido a semelhanças musicais com o estilo da música sertaneja e gosto pela viola, os irmãos Fabrício e Fabian decidiram oficializar a dupla. Fabrício, a primeira voz da dupla, desde os 10 anos toca violão e trompete, instrumentos que foram desenvolvidos com vários recursos, mas seu objetivo maior é tocar o fio melódico principal da clave de Sol, ou seja, a primeira voz. Fabian, a segunda voz da dupla, também é músico, toca, desde menino,  violão de 12 cordas e trombone, instrumentos também desenvolvidos com vários recursos, mas seu principal objetivo é tocar na clave de Fá, ou seja, fazer tenor ou baixo,  que tem correspondência, na linguagem popular, com a segunda voz. Uma peculiaridade da dupla é que, por talento vocal e conhecimentos de teoria musical, os irmãos, quando acham conveniente, trocam de papel, fazendo  a 1ª e 2ª um pelo outro. Isso ocorre em brincadeiras com o público em seus shows.
 

     Em 1996, lançaram um CD demo. Mas foi em 1999 que lançaram o seu primeiro álbum, de forma independente. No mesmo ano, foi convidada pelo ator e diretor teatral Stephan Necerssian, para participação em vários eventos no Retiro dos Artistas, casa apoaiada pela Rede Globo, da qual Stephan é contratado como ator. Desde então, já perfazendo 5 anos consecutivos, a dupla é frequentemente convidada a  voltar a se apresentar lá, devido ao sucesso alcançado entre o público daqueles eventos, que chegam a atrair uma média de 5.000 pessoas. A dupla já se apresentou, com sucesso, em diversas casas do Rio de Janeiro, como a Kananga do Hillos, no Asa Branca, no Fórmula do Gol, na Barra da Tijuca, no Clube Recreativo dos Portugueses, no Sítio Pontal Clube, no Teatro Lemos Cunha da Ilha do Governador, na Escola de Samba da Barra, no Teatro Municipal de Saquarema, no Centro Esportivo Bola de Fogo, no Recôncavo Naval de Sepetiba, na Festa de Rodeio da Barra, na Festa de Rodeio do Recreio Shopping, na Festa de Rodeio de Itaipú (Niterói), na  Casa Noturna Sister Moon, em  São Conrrado, no  Haras Horse Shoe, em Vargem Grande, no Haras Serenidade, em Vargem Grande, dentre outros, além de cidades do interior.  
 

     No ano de 2001, a dupla fez forte divulgação de seu trabalho em várias rádios no estado de Goiás, conseguindo boa receptividade na região. Então, colheram, com renomados compositores goianos, canções para o repertório de seu novo CD. Entre as amizades com os compositores da região Centro-Oeste do Brasil, fizeram parcerias com o  compositor  Rivanil, das canções "Cumade e Cumpade", sucesso de Leonardo, com o compositor Evertom Mattos, compositor da canção "Tchan no Hawaí", e   Jairo Góes e Edmar Neves, compositores de "Água de Côco", também sucesso de Leonardo. Em 2002, a dupla foi convidada para participar, em São Paulo, de um show organizado pela APAE, onde levantaram a platéia, dividindo o mesmo palco com cantores internacionais como Cris Duran e Mafalda Minozzi.
 

     O talento musical da dupla já mereceu o reconhecimento do produtor de engenharia da Rede Globo, Carlos Bonfim, que, frequentemente, a convida para diversos eventos, e também,  o reconhecimento  pela comendadora da Academia Brasileira de Historia Cultura e Lazer, Fernanda Munhoz, responsável pelo patrocínio do primeiro grande show de Alex Cohen. Em 2003, a dupla trabalhou na divulgação de seu novo CD, que contou com  composições dos irmãos e com parcerias suas com compositores goianos, entre eles, Rivanil, preferido de Leonardo, Evertom Mattos e Jairo Góes. Em 2004, apresentam-se em dias fixos no Haras Serenidade, em Vargem Grande e no  Rubrio do Parque em Jacarepaguá. No mesmo ano foi convidada  a participar da programação de shows da 29º Expoagro de Guaxupé com o titulo Cinturão de Ouro. O principal sucesso da dupla, no Rio de Janeiro, é a música de sua própria autoria, "Perereca". A música é um dos pontos altos de seus o shows, por ser um sertanejo pop, com o humor carioca, o que faz agitar o público. Em 2005, apresentaram-se em diversos eventos e festas de rodeio de vários estados, recebendo, inclusive, convite para se apresentarem na 50ª festa de rodeio de Barretos, onde  fizeram 2 shows muito aplaudidos. Naquele ano, a música "Dança de Cowboy", na voz deles, foi a mais executada da Festa de Rodeios de Barretos. Com o sucesso das apresentações e da repercussão de sua música no evento foram convidados para uma excursão de shows em Boston, (EUA), no que foram muito bem sucedidos. 
 

     Em 2007, lançaram seu terceiro trabalho, "Coração urbano, Alma sertaneja", produzido por Reinaldo Barriga e trazendo trabalhos com Chitãozinho e Xororó, Christian & Half e Daniel. O álbum se caracteriza por trazer a essência da música sertaneja feita por quem vive na cidade grande mas que tem amor incondicional pelo campo. O repertório, que traz pitadas de diferentes gêneros musicais, espalhados pelo Brasil, conta com canções românticas, outras mais alegres e dançantes. Em pouco tempo de lançamento, o disco chamou atenção no cenário musical brasileiro. A primeira faixa de trabalho "Antes que Você Vá", versão do bolero romântico do cantor mexicano Marco Antonio Solis, ganhou execução nas rádios de vários estados, merecendo grande aceitação dos fãs da dupla e boa parte do público em geral.  O CD tem como destaque a participação especial da dupla Chitãozinho e Xororó, na faixa "Rio de Janeiro" - homenagem à cidade maravilhosa na época em que o Cristo Redentor disputava colocação entre as Sete Maravilhas do Mundo Moderno, em pleno clima de Jogos Panamericanos 2007. O encontro entre os irmãos paranaenses e os irmãos cariocas ocasionou numa amizade não só profissional, como também pessoal, acarretando a participação de Fabrício e Fabian em alguns compromissos profissionais ao lado dos sertanejos veteranos. Ainda em 2007, entre diversas apresentações nos mais variados palcos do Brasil, a dupla foi atração especial no evento de comemoração do aniversário do Centro de Tradições Nordestinas-  a antiga feira de São Cristóvão do Rio de Janeiro- apresentando-se no Palco João do Vale.
 

     Em 2009, lançaram o quarto CD "Ontem e Hoje", produzido pela própria dupla, que contou com 16 músicas, entre inéditas; regravações, como "De Bar em Bar" (Elias Muniz e Carlos Colla), "Poeira de Estrelas" (Lola Soledad e Carlos Colla), "Carreiro" (Rivanil e Everton Matos), "Cabocla Tereza", (Raul Torres e João Pacífico) e "Camas separadas", de Lindomar Castilho, autor de "Você é doida demais"; e algumas composições presentes nos CDs anteriores, como o sucesso "Antes que você Vá", (Fabrício, Fabian e Marco Antonio Solis). O álbum ainda contou com  participações especiais do músico e produtor Reinaldo Barriga, no violão; e da dupla Chitãozinho e Xororó, na música "Rio de Janeiro" (Fabrício e Fabian). 
 

     Já em 2010, influenciaram o surgimento de eventos ligados ao estilo sertanejo, em casas de show na Barra da Tijuca (RJ), tornando-se atração consagrada nesses espaços. Dentre eles, a boate Nuth, na Barra da Tijuca, com a festa Sertanuth; o espaço Melt, onde passou a acontecer a Quartaneja, com shows sempre nas quartas-feiras e a Quintaneja da boate Zero Vinte Um, sempre às quintas-feiras. A dupla também já vem se apresentando, desde 2008, no pub Barril 8000. Em 2010, foram a principal atração na temporada "Micareta Sertaneja", na Ilha dos Pescadores, ambos na Barra da Tijuca (RJ). Também em 2009 e 2010, tornaram-se atração no espaço Castelo do Vinho, em Jacarepaguá (RJ), onde a casa é lotada em dias de shows da dupla.

 

     Sobre a trajetória e o sucesso popular da dupla, vale registrar o depoimento de Fabian: "Nosso pai é de Gameleira, interior da Paraíba e, assim como ele, muitas pessoas que moram no Rio vieram ou têm parentes de estados onde a música sertaneja predomina. Até a moda do sertanejo universitário chegar à cidade, éramos chamados de jecas, caipiras. Pedíamos para tocar de graça nos bares e os donos não deixavam tocar sertanejo". "O modismo ajudou a quebrar o preconceito. Para nós, não é modismo, é projeto de vida", declara Fabrício. No Rio, a notícia da Micareta Sertaneja em plena segunda-feira não desanimou os fieis seguidores da dupla. Sucessos como "Besta da Minha Mulher" e "Perereca" fizeram da dupla carioca uma das mais requisitadas na cidade.
 

     Em agosto de 2010, a dupla se apresentou na famosa casa de show Canecão, com presença de grande público. O set contou com vários sucessos de seu repertório, como "Balada sertaneja", "Vai, vai", Bateu ficou", "Antes que você vá" e "Rio de Janeiro", sendo mostrada nessa última, a gravação da dupla com participação de Chitãozinho e Xororó em homenagem à dupla veterana, pelas comemorações dos seus 40 anos de carreira. Diante do sucesso do espetáculo, a dupla foi convidada pela casa a se apresentar novamente ao decorrer do mesmo ano.

     Depois do lançamento de clipes de divulgação do álbum mais recente, a produtora da dupla Fabrício e Fabian prepara o terreno para a gravação do seu primeiro DVD, além do lançamento de músicas com parcerias grandes, para lá de especiais.  A dupla continua a fazer shows e apresentações pelo Rio de Janeiro e Brasil. Em breve teremos novidades.